quinta-feira, 18 de agosto de 2011

CAIXA AZUL.

Encontrei o primeiro sorriso que você me deu. Foi tímido, mas eu guardo até hoje. A coisa mais bonita que eu já tinha visto na minha vida. Guardo também a primeira vez em que você segurou minha mão com uma força tão esmagadora que foi como se carregasse meu corpo inteiro. Tenho os bilhetes, as embalagens. Eu guardo as nossas tardes de domingo sentados no sofá e brincando com os labios. Nossas gargalhadas estão lá também. Seus bocejos. Seu livro. As músicas. A nossa foto na tempestade. Guardo a embalagem do segundo presente que você me deu, naquele dia você não sabe mais eu pude sentir meu coração saindo pela boca, sabe-Deus-como consegui disfarçar. Guardo também o melhor jeito de dormir... E os beijos mais rapidos pra ninguém ver e aqueles perfeitos da noite, quando eu finalmente consigo vencer a cena do filme. Guardo o calor das suas mãos. E o gelo do seus pés... Os filmes idiotas, os filmes inteligentes, a praça, o papo, o cheiro, os mimimi's, o olhar, as cores e os tons que tudo isso dá!
Você e sua mania de me surpreender acabaram de chegar e me fazer uma surpresa, trouxe sorrisos preferidos pro meu dia com som de ar condicionado, interrompendo o texto, escrevendo nessa tarde vazia, tive que disfarçar pra você não ver a tela do meu computador com a tela de postagens. Sorrindo o sorriso que você me deu, guardo "na caixa azul" a embalagem do bombom e o seu abraço forte, porque né? o coração agradece.
Ciin


  

2 comentários:

david belotti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
david belotti disse...

você é o meu melhor da vida!

SIGAMEOSBONS