sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

A TERRA SEM FIM

...é esse eu e você, essa história toda que a gente resolveu viver e construir, é esse medo de perder, é o cuidado, o cheiro, são os dias bons e os dias difíceis. É essa sua vontade de pão com ovo justo quando a Lena deixou a cozinha impecável, risos. É essa sua mania de filme, é esse seu jeito de cuidar de mim de me manter, de me agradar, é quando me encontro em frangalhos e te encontro com o sorriso mais lindo que eu já vi. É esse conceito de pessoa certa, na hora certa. É a nossa mágica, o nosso encanto, o nosso amor, que não descansa enquanto não ver o outro descansando, é  a nossa casa aconchegante, linda, nossa. É nosso cheiro, seu cheiro, misturados no mesmo travesseiro. É a amora doce só que não, risos. É tudo, tudo mesmo que nos envolve nos cativa, nos domina e nos permite sonhar, realizar, desejar a cada instante mais vida, sem fim. É melhor do que eu imaginava. E desculpa, não é o parque. Somos nós.

Sua Quee.

"Estamos finalmente a sós do mundo. É como fechar a porta da cama, depois de fechar a porta do quarto" - Carpinejar.

3 comentários:

david belotti disse...

NOOOOOOOOOOOOSSA!!!

Bruna Bianconi disse...

Uma palavra: liiiiiiiiiiiiiiiindo.

sophieoli disse...

Que lindo o seu romance. Dá vontade de ter um também, rs.
Lindo blogger.

SIGAMEOSBONS